Anúncios !!!


Cat-1

Cat-2

Anúncios!!!


Poesia

ColunaDireita

Catago Vazio2

Coluna Filosofia


ANÚNCIOS!!!


» » Isabel Furini: Um quadro de Dalí (Crônica)



Você alguma vez sentiu-se como um relógio de Dalí? Eu sim, algumas vezes. E conheci pessoas que também tiveram essa sensação.

Veja: a persistência da memória mostra relógios moles que marcam horas diferentes (tempo caótico?) enquanto o quarto relógio (o relógio vermelho) é devorado por formigas.

Só um gênio como Dalí poderia criar essas imagens que podem ser interpretadas de diversas maneiras. Crítica o mundo moderno?... As formigas seriam os operários? O tempo devora homens e objetos. O tempo psicológico?...

A preocupação com o tempo?... Ainda que a vida de uma pessoa esteja organizada, essa organização é provisória. Já os ecologistas pensam que Dali mostrou que se o meio ambiente não for respeitado, o mundo será convertido em um deserto.

Em minha visão, muito subjetiva (ninguém precisa concordar), os relógios podem ser pessoas desajustadas tentando ajustar-se ao mundo moderno (esse mundo devorado pelas formigas).

E nosso mundo não está se desintegrando? Nosso cotidiano não é pesado como o trabalho das formigas?... E muitos de nós não estamos fazendo esforços para ajustar nossos relógios e viver ao ritmo do mundo? As pessoas falam: já ninguém faz visitas como antigamente. Não há tempo. Não posso olhar para os problemas dos outros, não há tempo. Só posso olhar meu próprio umbigo.

O que você pensa dessa pintura, interpretada tantas vezes e de formas tão diferentes? Essas imagens são realmente arquetípicas e cada pessoa pode dar uma interpretação diferente. Pois quando uma imagem fala à nossa alma – nossa alma expressa sua emoção.

Como disse Gala, a esposa de Dalí: "Quien lo vea no lo olvidará jamás".
Dediquei alguns humildes versos a essa incrível obra de arte:

O  personagem dos longos cílios empurra
a aldrava dos sonhos
e novamente no deserto inóspito perto do mar,
os ternos relógios paranóico-críticos tentam acertar as agulhas
– como pessoas despreparadas para o mundo.

Isabel Furini
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Editor da Revista Carlos Zemek

Curador e Artista Plástico.
Membro da Academia de Cultura de Curitiba - ACCUR.

Nenhum comentário

Faça um Comentário!



ANÚNCIOS!!!


Eventos Culturais

Conuna1Inferior

Catalogo Vazio3

Anúncios!!!

Livros Digitais