Anúncios !!!


Cat-1

Cat-2

Anúncios!!!


Poesia

ColunaDireita

Catago Vazio2

Coluna Filosofia


ANÚNCIOS!!!


» » Comédia Teatral: O Novo Ultraje Imperial

O Novo Ultraje Imperial

Inspirada no conto “A Roupa Nova do Imperador”, de Christian Andersen, a comédia política “O Novo Ultraje Imperial”, escrita e dirigida pelo professor Lau Bark, tem levado aos palcos da Capital paranaense a satírica história passada no Império da República Democrática da Falácia. Representada com grande competência e graciosidade pelo jovem elenco do Gruta Luna, (Grupo de Teatro Amador), do tradicional Colégio Estadual do Paraná, a peça nos apresenta fatos muito semelhantes com os que vemos em nossa situação política contemporânea, sem perder o bom humor.

            O protagonismo da estória, fica por conta do Imperador Narciso Garboso, o lindo, genuinamente interpretado por Josué Berveglieri, (Josh), o qual, para ter mais tempo para seu narcisismo, deixa todo o governo em mãos de seu Primeiro Ministro, o Mimi, representado por Gabriel Moreira, que junto com uma trupe de mal intencionados guardas, Marius e Bello, (Pedro Paulo e Erick Siqueira), liderados pelo caricata Capitão Lapança, vivido comicamente por Laura de Prá, engenham um grande plano para dar um golpe no ingênuo Imperador. Numa tentativa de alertar o marido, a Imperatriz Adormecida Bela, a tapada, representada por Karina Hernandes, contrata uma dupla de costureiros do estrangeiro para que façam uma nova roupa para Narciso, uma roupa feita de um tecido mágico, o qual só pode ser visto por pessoas sensíveis e honestas, portanto, os tolos e corruptos que cercam o casal imperial, incluindo a dama de companhiaTiffany, (João Eduardo Valdera), não poderiam ver as novas vestes de seu soberano.

Josué Berveglieri na foto de Maciel Paludo.


            O conto culmina quando Narciso Garboso desfila com suas novas roupas, fazendo assim, encantar-se com suas vestes os honestos do Império, como por exemplo: O Arauto, (Alice Tapajós), o Mendingo, (Euller Werneck), Jean Pierre e July Michel, (Gabriel Marques e Mayara Claudino) e o Bobo da Corte, (Gustavo Veloski). Enquanto, horrorizados, ficam os maléficos traidores a correrem aos cofres do Imperador para saquear seus tesouros e abandona-lo o mais breve possível, mas não sem antes deixarem seu recadinho para o dono do mágico traje.

            Aparados por ricos figurinos, o humor, a política, graça e encantamento são partes certas desta peça trazida aos palcos pelo talentoso elenco que, mesmo com plateia sempre cheia, incluindo grandes nomes da elite cultural e social do Estado, não se deixa intimidar e impressiona, positivamente, os sortudos espectadores. Já tendo tido três, efusivamente aplaudidas, temporadas “O Novo Ultraje Imperial” estará de volta à cena no miniauditório do Teatro Guaíra nos próximos dias 12 e 13 de abril as 20 horas, sempre com entrada franca. Dando-nos assim, mais uma chance de se apreciar e divertir-se com este belo espetáculo.


Fotografia de Maciel Paludo
Fotografia de Maciel Paludo

Serviço:

Peça:  “O Novo Ultraje Imperial” 
Local: Mniauditório do Teatro Guaíra 
Data:  12 e 13 de abril as 20 horas
Entrada Franca
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Editor da Revista Carlos Zemek

Curador e Artista Plástico.
Membro da Academia de Cultura de Curitiba - ACCUR.

Nenhum comentário

Faça um Comentário!



ANÚNCIOS!!!


Eventos Culturais

Conuna1Inferior

Catalogo Vazio3

Anúncios!!!

Livros Digitais