Anúncios !!!


Cat-1

Cat-2

Anúncios!!!


Poesia

ColunaDireita

Catago Vazio2

Coluna Filosofia


ANÚNCIOS!!!


» » DIA DA MULHER - Homenagem poética

SUBTIL 

Subtileza do espírito
revelada
no retrato de mulher
pintado no leque
das horas

o amor é entretecido
entre luzes e sombras.

Isabel Furini

***

Quadro de Neiva Passuello
SOU MULHER 

Sou mulher:
que sonha,
que ama,
que sente,
que encanta...

Uma mulher
com fome de amor,
com sede de carinhos,
com ânsia de viver
e com cautela para ceder...

Uma mulher
que se faz tua,
que se insinua,
que não precisa se despir
para te faz sorrir...

A mulher
que vive seu momento,
que busca em ti acalento,
que sabe como ter tua atenção,
                                                                             e que vibra com o toque de tua mão!

Poesia de Elciana Goedert (Ciça)
In: Eu e a Poesia, 2014
***


Mulher

Mulher que traz no rosto a candura de menina,
a alegria de viver e a paz no coração.
Mulher batalhadora na labuta do dia-a-dia,
para fazer desta pátria uma grande nação.

Mulher exemplo de dignidade e simplicidade
repleta de coragem e alma de luz,
que tem mãos de fada e brilho no olhar
que ama o filho e para o BEM o conduz.

Maria Antonieta Gonzaga Teixeira
Bela e criativa...
Encantadora...
Sonha e realiza...
Simplesmente... MULHER!

Maria Antonieta Gonzaga Teixeira.
Castro-Paraná-Brasil.


                                                    ***


Mulher... 
Mulheres ninhos acolhedores de sementes vivas;
Guerreiras ativas;
Forças sonhadoras
que se fazem realidade;
Delicadas lágrimas de amor e saudade!

Mulher... Mulheres;
Saber... Saberes;
Fazer... Fazeres;
Sentir... Sentimentos;
Coragem... Momentos...
Olhares ao vento e pés firmes no TEMPO!

Laura Monte Serrat – Psicopedagoga, artista plástica e poetisa.


***

NOSSA LUTA 

Uma parcela da luta anti- violência/ Lei nº. 11.340/06.
À Maria da Penha Maia Fernandes

ora em forma de evento,
qual grande barco
que singra os  mares
de ato em ato,
de fala em fala,
vai em frente.

vai, empurrada pelo vento,
envolvente,
trazendo sempre
e a todo instante,
muito mais gente,

toca  tanto coração,
tantas pessoas, tanta opinião...
vai soando a voz que não cala,
buscando  a  envolvência
de, cada vez mais e   maior,
a abrangência.

é outro quinhão,
na participação gigante
da mulher que sabe o quer.
e que grita, com voz possante:

violência, nunca mais.
violência, não,
violência,
jamais!

Isabel Sprenger Ribas


***


MULHER 

Mistério, magia, metamorfose...
Única, união
Latente fantasia
Homenagem de Deus
Equilíbrio, êxtase, esperança
Renasce, reluz, recria

Ione Perez

A REVISTA CARLOS ZEMEK HOMENAGEIA AS MULHERES E AGRADECE ÀS POETISAS QUE PARTICIPAM DAS EXPOSIÇÕES.

Neyd Montingelli, Maria Antonieta Gonzaga, Carlos Zemek e Isabel Sprenger
Arriete Rangel de Abreu, Carlos Zemek e Ivani Silva

Carlos Zemek e Maria Antonieta Gonzaga Teixeira

Van Zimerman, Silmara, Ione Perez e Elciane Goedert


Carlos Zemek, Maria da Glória Colucci e Juliana Oliveira Nascimento

Carlos Zemek e Neyd Montingelli 


Isabel Furini, Elciana Goedert, Neiva Passuello e Isabel Sprenger


«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Editor da Revista Carlos Zemek

Curador e Artista Plástico.
Membro da Academia de Cultura de Curitiba - ACCUR.

1 comentários

DIA DA MULHER - Homenagem poética
  1. Obrigada Revista Carlos Zemek pela oportunidade em participar das exposições.

    ResponderExcluir



ANÚNCIOS!!!


Eventos Culturais

Conuna1Inferior

Catalogo Vazio3

Anúncios!!!

Livros Digitais