Anúncios !!!


Cat-1

Cat-2

Anúncios!!!


Poesia

ColunaDireita

Catago Vazio2

Coluna Filosofia


ANÚNCIOS!!!


» » » Trabalhos de Poetas de outras Cidades na Semana Literária


Foram prestigiados poetas de outras cidades


O Recital de Poesia de Isabel Furini, que fez parte da 36a Semana Literária SESC & XV Feira do Livro Editora UFPR, prestigiou também poetas de outras cidades.

Foram lidos poemas de poetas de outras cidades: Maria Antonieta Gonzaga Teixeira (Castro,PR), Fátima Gonçalvez (São Gonçalo do Amarante, RN), José Feldman (Maringá, PR), Clevane Pessoa (Belo Horizonte, MG), Mhario Lincoln (Maranhão), e Sonia Mazza (Buenos Aires, Argentina), sendo que Isabel declamou em espanhol e Arriete e Amauri em português, em formatação de jogo poético com a intenção de fortalecer a fraternidade entre as línguas portuguesa e espanhola.



POEMAS DECLAMADOS






Diário de Ausência 
Espaço que ficou sem tempo
Instante em que tudo se conclui
Não há fotos de dias gloriosos
Nem Cristos dependurados em cruzes
Somente a tua ausência de azul névoa,
De nada cobrindo tudo.

Sonia Andrea Mazza

***







Chapéu Maria 

O vaqueiro adentra à caatinga com chapéu de couro,
Artista exibe marca famosa: Chapéu de lebre e fedora.
Na simplicidade da palha ou suntuosidade da seda -, o chapéu,
está na cabeça do sertanejo, da Princesa, do Rei e da Rainha
Luxuoso, charmoso, elegante e completando o visual.

Maria Antonieta Gonzaga Teixeira


***                                                          




Amor de Rosa


Rosa de Roseira...
Está além do jardim
Radiante desejo
pra você e pra mim!
Rosa de Roseira...
Além de desejada é amada
Rosa de Roseira...
Cativa vaidade, beleza
E elegância efêmera,
pra não morrer de tristeza!

Fátima Gonçalves

***






Das Origens
Cansa-me a ânsia,
insensata ansiedade.
Teço com ramas, tramas
De rede primeva,
Onde me deito, desnuda Eva!
Clevane Pessoa



De los Orígenes

Me cansa el ansia,
la insensata ansiedad
Tejo com ramas, tramas,
de la red primitiva
donde me acuesto, desnuda Eva!

Clevane Pessoa

***






Trova 

Debruçado na janela,
eu vejo o tempo passar.
Saudade que me flagela,
por quem não irá voltar.

José Feldman

***






Poema de Mhario Lincoln


Se um dia tiver que tomar atalhos
na minha vida,
que sejam entre flores.

***





Sensações

A textura da rocha (áspera e dura)
as texturas da alma
a textura do mar (úmida e fria)
e o arrepio da pele
ao conjugar o verbo amar.

Isabel Furini

***
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Editor da Revista Carlos Zemek

Curador e Artista Plástico.
Membro da Academia de Cultura de Curitiba - ACCUR.

Nenhum comentário

Faça um Comentário!



ANÚNCIOS!!!


Eventos Culturais

Conuna1Inferior

Catalogo Vazio3

Anúncios!!!

Livros Digitais