Anúncios !!!


Cat-1

Cat-2

Anúncios!!!


Poesia

ColunaDireita

Catago Vazio2

Coluna Filosofia


ANÚNCIOS!!!


» » Katia Velo: Precisamos de Arte?

PRECISAMOS DE ARTE?
Definitivamente sim! E digo isto não apenas por ser professora de Arte, artista plástica e colunista cultural. Ao longo do tempo,  sob as mais diversas posturas adotadas pelo indivíduo, a Arte sempre esteve presente. Esta relação pode ser evidenciada através de objetos, pinturas, gravuras, textos, etc., registrados e espalhados em diversos espaços culturais e museus pelo mundo.
As produções artísticas são reflexos dos sentimentos, emoções e experiências vividas pela humanidade. Além deste importante registro, a Arte é uma  forma de conscientização do porquê da nossa existência. Portanto, desde os mais primórdios tempos o homem necessita de registrar a sua passagem, seja através das marcas na caverna, pintura em um quadro ou uma fotografia. Os pintores sempre fizeram seus autorretratos e agora proliferam as “selfs” nas redes sociais. Registrar a si mesmo e as suas impressões do mundo é o desafio de todo artista.

Obra da artista plástica Katia Velo


O QUE É ESTA TAL ARTE CONTEMPORÂNEA?
Até o Renascimento, parece-nos que a Arte é mais bonita, mas compreensível. Provavelmente esta compreensão ocorra, justamente, porque a vida do ser humano, até aquele momento, também era menos complexa. A Arte Contemporânea tem como característica  uma ampla disposição para a experimentação, levando os artistas a realizarem uma verdadeira fusão de linguagens, materiais e tecnologias.
A Arte Contemporânea é uma nova forma de representação dos problemas atuais. Ela é norteada, principalmente, por questões que afetam a todos nós diretamente, seja na rua, nos conceitos, nas relações pessoais, na mídia e na própria Arte.
O artista contemporâneo quer inovar, provocar, polemizar, transgredir. Mas, não adianta apenas ficar em frente a uma obra de Arte Contemporânea e dizer “Isto é Arte? Até eu sei fazer!”, pois em alguns casos é preciso compreender a trajetória do artista, o processo, para compreender sua obra. É como tentar entender uma língua estrangeira sem ter estudado. Enfim, compreendê-la é tão confuso, complicado e algumas vezes sem sentido; e tudo isto tem uma relação direta com o que estamos vivendo.  Vida e Arte se fundem e se complementam.

Obra da artista plástica Katia Velo

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Editor da Revista Carlos Zemek

Curador e Artista Plástico.
Membro da Academia de Cultura de Curitiba - ACCUR.

Nenhum comentário

Faça um Comentário!



ANÚNCIOS!!!


Eventos Culturais

Conuna1Inferior

Catalogo Vazio3

Anúncios!!!

Livros Digitais