Anúncios !!!


Cat-1

Cat-2

Anúncios!!!


Poesia

ColunaDireita

Catago Vazio2

Coluna Filosofia


ANÚNCIOS!!!


» » Sonia Cardoso: Ser e Ter


Fotografia de Isabel Furini
Ser e Ter 

Lutamos para ser
Para ter e quando Conseguimos. . .
Preocupa-nos os lobos
As aves de rapina ,
O leão, os cordeiros,
E então :
Invejo uma andarilha
De minha infância
Que no verão dormia
Numa pequena ilha
Formada a um passo
Da borda da lagoa existente
Nos terrenos baldios ao fundo de minha casa .
No inverno eu e minha
Mãe a víamos perambulando
Pelo centro da cidade
- É menos frio - explicou mamãe.
Descalça com um vestidão
Marrom e um saco de plástico por cima.
Não tinha qualquer obrigação
E de nada precisava.

Sonia Cardoso
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Editor da Revista Carlos Zemek

Curador e Artista Plástico.
Membro da Academia de Cultura de Curitiba - ACCUR.

1 comentários

Sonia Cardoso: Ser e Ter
  1. Bom dia, o poema "SER e TER" de Sonia Cardoso, nos
    mostra uma situação que se se assemelha à realidade, na qual vivemos.
    A sábia mãe relatou à filha, a vida da andarilha que por desconhecer algumas regalias da vida, delas não precisava. Excelente, abraço!

    ResponderExcluir



ANÚNCIOS!!!


Eventos Culturais

Conuna1Inferior

Catalogo Vazio3

Anúncios!!!

Livros Digitais