Anúncios !!!


Cat-1

Cat-2

Anúncios!!!


Poesia

ColunaDireita

Catago Vazio2

Coluna Filosofia


ANÚNCIOS!!!


» » » Avipaf: Abelhinhas - Poemas para crianças

Poemas com o tema "ABELHINHAS", foi o desafio para os acadêmicos da Academia Virtual Internacional de Poesia, Arte e Filosofia.


A Abelhinha

Lá vem a abelhinha
Vem zumbindo e
Alegrando com o seu voar.
Lá vem a abelhinha,
Toda prosa e ligeirinha,
Espalhando doçura pelo ar.

Regina Bacella









Abelhinha

...pressurora,
voa a abelinha
busca ao leo,
o adocicado,
oloroso,
saboroso
pólen de alguma flor,

...rende-se esta,
ao seu encanto .
e se entrega
a este doce,
ardoroso sabor

...por segundos,
vigoram sensações,
anseios, ansias
e pruridos

...e, de repente,
pujante
o doce sabor
deste nectar inunda
a boca da abelhinha linda

...tarefa finda
secundada, leva ao favo
saboroso, o resultado


....o mel seu amor!

isabel Sprenger Ribas



Zummmm...

A Belinha e o Abelardo
São abelhas sem ferrões
Brincam fazendo cera
E adoçam os corações.


Zummmm...Zummmm...
Zunem suas asas festeiras
Nas brancas flores
Da laranjeira
Colhem o néctar
Pra fazer o mel.

Daniel Mauricio
 Artistas do Mel

Voando de flor em flor,
Constroem oásis de amor
Em doces favos de mel.
Entre borboletas e pássaros,
Buscam novos espaços
Artistas dos favos de mel.

Maria da Glória Colucci
Curitiba, 10/07/2018


A abelhinha

Sou abelhinha, sou brasileirinha
Tenho ferrão, mas polinizo flores
Ofereço flores para os humanos

De extinção, estou ameaçada mas por hora, resisto
Registrem aí crianças,
Sem abelhas o mundo
Será amargo.

Sonia Cardoso

AS ABELHAS - E O CRUEL INIMIGO

Abelhinha, abelhinha.
Quer brincar no meu jardim?
No meu jardim tem muitas flores,
tem rosas, azaleias e jasmins.

Abelhinha, você é muito querida,
pois dá mel, própolis e geleia real.
Por isso, eu rejeito os agrotóxicos.
Agrotóxicos fazem mal!

O agrotóxico é um inimigo? Sim.
E é um inimigo mortal.
Os cientistas aconselham:
“Protejam sempre as abelhas”.

Por que será???

Isabel Furini


As Abelhas

As abelhas agitadas
As abelhas atrevidas
Atravessam apressadas
Atravessam avenidas

As abelhas agitadas
As abelhas abelhudas
Aparecem apressadas
Aparecem carrancudas

As asas tão destemidas
As vezes são tão unidas
As vezes vão num tropel

As abelhas absolutas
As vezes morrem nas lutas
As defesas de seu mel

Decio Romano

Bichito (en español)

Bichito chiquitito
bichito volador,
trabajas todo el día
yendo de flor en flor.

Te he visto muchas veces
en el jardín feliz,
entonado tu canto
bs bs, bs bs, bs bs.

Cuando quiero atraparte
me muestras tu aguijón  
_"yo no estoy para juegos,
yo hago mi labor".

Sonia Andrea Mazza


Ruptura

Um carro passando...
Nada de mais.
Mas algo rompe o cotidiano:
uma abelha...
Uma abelha no retrovisor
do carro passando...
Uma doce abelha
provavelmente cansada
de fazer doce...
Pegando carona
em uma tarde qualquer.
Esta adorável criatura
romanticamente desembarcou
numa floricultura...
Não soube mais nada dela.
Talvez a abelha esteja
em uma lua de mel,
quem sabe no mundo da lua
ou clandestinamente
pegando carona
para outra floricultura...

Igor Veiga (Perigor




«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Editor da Revista Carlos Zemek

Curador e Artista Plástico.
Membro da Academia de Cultura de Curitiba - ACCUR.

1 comentários

Avipaf: Abelhinhas - Poemas para crianças



ANÚNCIOS!!!


Eventos Culturais

Conuna1Inferior

Catalogo Vazio3

Anúncios!!!

Livros Digitais